segunda-feira, 14 de maio de 2018

Grupo de Estudos da América Latina, 2018, reúne cerca de 160 participantes em um intercâmbio cultural com abordagem de Reggio Emilia



A 12ª edição do Grupo de Estudos da América Latina para Reggio Emilia, Itália, ocorreu de 06 a 11 de maio de 2018. A formação internacional, que acontece anualmente, reuniu cerca de 160 educadores, pedagogos e pesquisadores, sendo 90 brasileiros. Com o objetivo de ampliar os diálogos com a abordagem reggiana, o Grupo é um verdadeiro intercâmbio que defende os direitos da infância, difunde as ideias e práticas da cidade referência mundial em educação.

Esta formação, que ocorre geralmente em maio, é indicada àqueles que estão iniciando os diálogos com a abordagem reggiana. Além de visitas à creches, escolas e espaços culturais em Reggio Emilia, a semana de estudos contempla palestras e atividades no Centro Internacional Loris Malaguzzi. Os participantes podem vivenciar um intercâmbio cultural e educacional com experiências advindas da cidade de Reggio, e de outros países, como Colômbia, Estados Unidos, França, Irlanda, México e Uruguai que compuseram o grupo.

Os temas abordados nesta semana de estudos contemplam a cultura do Ateliê – com atividades de mosaico em desenhos, fotografia e trabalhos em argila. Os participantes foram convocados a “pensar com as mãos” e conectar com a mente e o coração. Também foram abordados a experiência da praça como um lugar social, pesquisa sobre linguagem e aprendizagens em grupo em uma perspectiva inclusiva das diferenças.

Segundo Paloma Taioba, participante do Grupo de Estudos, “Quando cheguei a Reggio Emilia, me propus a escrever diariamente sobre as coisas que me tocaram, que me atravessaram. Estou eu aqui com uma caneta sem tinta e um caderno acabado, folhas brancas preenchidas por palavras e imagens que representam ideias, pensamento, dúvidas, incerteza, certezas, sofrimentos e alegrias. Diversos sentimentos relatados em um caderno através de palavras. Hoje me sinto honrada por fazer parte de um grupo tão completo. Completo não pelas nossas super habilidades, mas pelas nossas diferenças”.

Com a participação de 11 estados brasileiros (Amazonas, Bahia, Brasília, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Vitória), esta é uma realização da RedSOLARE Brasil em parceria com a RedSOLARE México e com o apoio da ESSE Consultoria.


Nenhum comentário: